7 sinais que indicam a necessidade de procurar um mastologista

Realizar o autoexame da mama é fundamental e de extrema importância. O ideal é que ele seja feito uma vez por mês, no terceiro ou quinto dia após a menstruação, ou em data fixa para as mulheres que já entraram na menopausa. Mas esse hábito não dispensa a necessidade de buscar um mastologista.

Tal profissional deve ser visitado sempre ao menos uma vez por ano, logo a partir do início da vida sexual para acompanhamento próximo e elaboração de um histórico familiar preventivo.

Ele também precisa ser visitado em caso de aparecimento de sinais que podem indicar doenças e problemas de saúde. Mas você sabe quais são esses indícios?

Neste post mostraremos os sintomas que, caso identificados, merecem uma investigação. Se você se interessa pelo tema, siga conosco! Acompanhe a leitura.

Os 7 principais sintomas

1. Aumento de volume na mama

Esse sinal pode ser apenas uma Alteração Funcional Benigna da Mama (AFBM), mas também pode indicar a presença de um tumor maligno. Se for um nódulo canceroso, ele pode se desenvolver, aumentando o tamanho da mama.

O aumento de volume mamário que não tem relação com o ciclo menstrual ou com a gravidez e lactação, deve ser comunicado ao médico. Esse sinal é ainda mais preocupante se acontece de forma unilateral, ou seja, somente em uma das mamas.

2. Vermelhidão aparente

Uma vermelhidão na pele pode ser sintoma de carcinoma mamário inflamatório (câncer raro), ou um sarcoma mamário com comprometimento dos vasos linfáticos da pele

A pele fica avermelhada, pois há um entupimento dos vasos linfáticos pelas células cancerígenas. Normalmente, essa vermelhidão é fria e indolor. O diagnóstico diferencial para esse tipo de câncer inclui as mastites, mais comuns durante o período de lactação.

3. Secreção mamilar

Toda secreção que sai pelo mamilo deve ser investigada. Os exames adequados detectarão a presença (ou não) de células suspeitas de câncer. Caso esse exame detecte esse tipo de célula, uma investigação mais profunda deve ser realizada.

4. Retração mamilar

Se seu mamilo não é do tipo invertido naturalmente e você percebeu alguma retração com ou sem dor, procure um mastologista rapidamente. Esses podem ser sinais indiretos da presença de um tumor.

5. Surgimento de nódulo palpável

É importante procurar um médico se notar qualquer nódulo palpável nas mamas. Eles podem indicar tanto a presença de massa benigna quanto a de algum tumor maligno. Os nódulos cancerosos são espessos, compactos, duros e de contornos mal definidos.

Por isso, se você notou uma massa dura e indolor, visite um mastologista para investigá-la o mais rápido possível, com exames apropriados.

6. Descamação mamilar

As causas das descamações nos mamilos podem ser inúmeras. Por isso, é preciso estar atento se ela está acompanhada de sintomas, como a dor, presença de nódulos, mudanças no formato do seio ou secreção de líquidos do mamilo, pois isso pode estar relacionado a uma mastite — infecção das mamas —, cistos ou a um tumor.

7. Dores

As dores nas mamas, na maioria das vezes, são de origem benigna. Mas ignorá-las não deve ser uma opção, afinal, sempre existem exceções. Informe ao médico sobre as dores para que ele possa investigar as possíveis causas.

Outras doenças na mama

Apesar de o câncer de mama ser o mais falado, há outras doenças que acometem as mamas e que merecem atenção. Elas podem ser detectadas a partir da mastologia.

A maior parte dessas doenças é benigna, ou seja, não indicam câncer, mas precisam estar na zona de atenção da população. Estar atento aos sinais e manter a saúde em dia é parte fundamental de uma vida plena e saudável.

Adenose

Quando a mama tem mais glândulas produtoras de leite que o normal e elas apresentam maior tamanho, o diagnóstico pode ser de uma doença chamada adenose.

Ela pode provocar dor e desaparecer com o tempo naturalmente. Entretanto, mesmo assim, é recomendado consultar um médico no caso do aparecimento desses sintomas.

Mastite

Mais conhecida como inflamação das mamas, ela pode ser causada por infecção. Mulheres que estão amamentando podem apresentar esse sintoma com maior frequência. O tratamento é feito por meio de antibiótico.

Fibrose

Durante a idade fértil podem aparecer nódulos nas mamas devido às mudanças nos tecidos. É uma doença comum e que pode causar inflamação.

Também pode desaparecer naturalmente sem a necessidade de tratamento, mas, em alguns casos, requer cirurgia para extrair o líquido acumulado.

Hiperplasia mamária

Quando há o crescimento excessivo das células que revestem os ductos ou as glândulas mamárias, pode ser possível retirar o tecido circundante para evitar uma maior possibilidade de desenvolver o câncer de mama. Essa doença é identificada apenas nas mamografias.

Fibroadenoma da mama 

Aparecem como tumores e estão localizados dentro do seio, se assemelhando a bolas de gude. Podem ser identificados tanto no exame de toque quanto em mamografias, sendo mais comuns durante a idade fértil.

É importante que casos como esse sejam acompanhados por médicos, uma vez que, caso haja aumento de tamanho, eles precisam ser removidos.

A frequência ideal de consultar um mastologista

O mastologista é o médico especializado nas doenças da mama, benignas ou malignas. Atualmente, médicos indicam que, nos casos em que não há nenhum sintoma de dor ou nódulos na mama, o profissional deva ser procurado a partir dos 35 anos. A mamografia já deve ser realizada a partir dessa idade e a prevenção é o melhor remédio.

No entanto, quem apresenta qualquer sintoma ou faz parte do grupo de risco, ou seja, há casos de doenças mamárias na família, o especialista deve ser procurado o quanto antes. A mamografia deve ser feita anualmente e o histórico familiar pode ser fundamental nesse acompanhamento.

Já o autoexame deve ser realizado em casa desde a primeira menstruação e pode auxiliar na identificação de diversas doenças citadas anteriormente. Não se esqueça de que é sempre necessário consultar um médico.

Estar atento aos sinais e alterações no corpo pode ajudar a entender a necessidade de procurar um mastologista e garantir o tratamento de eventuais doenças, que podem ser benignas ou malignas. Fazer a consulta regularmente, com certeza, garantirá a sua saúde!

Agora que você já conheceu os principais sintomas que indicam a necessidade de buscar um mastologista, procure a Dediq e tenha diagnósticos ágeis e eficientes a seu favor.

Postado em 13/08/2018.

Se preferir, agende por Telefone ou Whatsapp: (11) 96924-5563 11 4800-3777


menu agende Agende um exame ou consulta Resultado de Exame