Exercícios Indicados para Hipertensos

Este programa se destina a hipertensos que pretendem aderir à prática regular de atividade física como coadjuvante no tratamento da pressão arterial, explica o idealizador, o especialista em medicina do esporte Benjamin Apter, das academias B-Active, em SP. Nada impede, contudo, de ser seguido por sedentários com pressão normal ou que aguardam a comprovação do diagnóstico. Como o treino protege as paredes dos vasos contra o enrijecimento comum com o avanço da idade, quem começa a praticar hoje e segue firme corre menor risco de apresentar o problema no futuro.

Para prevenção e melhora da qualidade de vida, a recomendação é pelo menos 50 a 60 minutos três vezes por semana. Hipertensos devem se exercitar diariamente. Mas é preciso começar devagar. Por isso, o treino para iniciantes prevê no primeiro mês duas sessões semanais de exercícios para fortalecimento muscular e uma de aeróbicos de baixa intensidade. Segundo Apter, estudos recentes apontam o fortalecimento muscular como fator importante de proteção do coração: esses exercícios não favorecem pico de elevação da pressão e preveem intervalos regulares durante os quais a pressão abaixa. Assim têm efeito positivo sobre a circulação.

 

MUSCULAÇÃO

Fortalecimento de grandes grupos musculares por meio de sete exercícios em aparelhos.

 

DURAÇÃO:

de 40 a 50 minutos

 

FREQUÊNCIA:

duas vezes por semana no primeiro mês

CARACTERÍSTICAS:

fazer três séries de cada um, de 12, 10 e 8 repetições, respectivamente, utilizando pesos leves a moderados. Descanse 30 segundos entre cada série.

 

LEG PRESS:

TRABALHA A MUSCULATURA DA COXA E DOS GLÚTEOS.

Deixe os pés ligeiramente afastados. Flexione e estenda os joelhos. Evite estender totalmente a perna e aproximar os joelhos durante a execução.

 

CADEIRA FLEXORA:

Fortalece a musculatura posterior da coxa

Comece com as pernas estendidas. Leve os calcanharespara baixo, flexionando os joelhos; depois, estenda osjoelhos devagar e retorne à posição inicial.

 

CADEIRA FLEXOEXTENSORA DA PANTURRILHA:

Exercita a musculatura da barriga da perna

Encaixe os pés no aparelho e flexione os tornozelos para cima e para baixo.

 

PRESS PEITORAL (CHEST PRESS):

Fortalece e alonga os músculos peitorais

Sentado, segurando o aparelho com os braços flexionados, você deve fazer força, empurrando as mãos para a frente do peito. Volte à posição inicial.

 

REMADA ALTA:

Trabalha a musculatura das costas

Com a coluna reta, puxe o aparelho com os braços, flexionando os cotovelos; depois, estenda. Mantenha os cotovelos na altura dos ombros e a postura correta.

 

EXTENSÃO LOMBAR:

Fortalece a musculatura lombar

Sentado, com os quadris bem apoiados, estenda o tronco para trás e mantenha firmes os glúteos. Retorne à posição inicial.

 

FLEXÃO ABDOMINAL:

Trabalha a musculatura do abdome

Sentado, flexione o tronco para a frente, levando o peito em direção às coxas. Concentre sua força na musculatura abdominal. Volte à posição inicial.

 

APARELHO CARDIOVASCULAR

Esteira, bicicleta ergométrica ou elíptico, dependendo da preferência e condição física do praticante

 

DURAÇÃO:

30 minutos no primeiro mês

 

FREQUÊNCIA:

1 vez por semana

 

INTENSIDADE:

leve a moderada, isto é, deve ficar entre 60% e 80% da frequência cardíaca máxima. O jeito mais seguro de estabelecer este valor é por meio de teste ergométrico, levando em conta idade, doenças associadas e medicamentos em uso. A frequência cardíaca e a pressão devem ser monitoradas por meio de aparelhos específicos durante o treino.

 

CARACTERÍSTICAS:

treino intervalado, com parada de 5 minutos a cada 10 minutos para recuperação da pressão arterial e monitoramento.

 

DICAS

  1. Antes de iniciar um programa de treinamento, passe por uma avaliação rigorosa. O hipertenso deve ser acompanhado por um cardiologista ou médico especializado, ter a pressão arterial controlada e autorização formal para a prática de exercícios.
  1. É fundamental contar com orientação especializada de médico do esporte, educador físico ou fisioterapeuta. Esses profissionais proporcionam um treinamento seguro, respeitando as capacidades, limitações e doenças particulares de cada um.
  1. Só inicie a sessão de treinamento se a pressão estiver abaixo de 16 por 10,5. E interrompa caso sinta qualquer mal-estar.
  1. Ao aderir à vida ativa, privilegie atividades leves a moderadas. Com a adaptação e a melhora do condicionamento físico, você pode passar para atividades mais vigorosas se julgar confortável e não houver contraindicação médica.
  1. Faça uma refeição leve pelo menos 40 minutos antes de iniciar os exercícios físicos. Nunca treine em jejum.

AGENDE JÁ UMA AVALIAÇÃO MÉDICA

Postado em 10/10/2015.

Se preferir, agende por Telefone ou Whatsapp: (11) 96924-5563 11 4800-3777


menu agende Agendar Resultado